A procrastinação pode acabar com você! | Alê Prates

A procrastinação pode acabar com você!

BLOG

18/02/2019
Alexandre Prates
Sem categoria
4 comentários

Vou começar esse artigo com uma pergunta: Por que procrastinamos?

Procrastinar significa adiar, deixar para depois. O famoso “amanhã eu faço”.

A procrastinação pode parecer natural, mas trazem diversas consequências, pois começamos a negligenciar as atividades – tanto pessoais como profissionais – e assim adiamos o nosso sucesso e as conquistas que tanto sonhamos.

Uma cena clássica: Mais um dia de expediente e ao sentar-se diante do computador, você abre uma aba para fazer um relatório mensal. O trabalho é cansativo e demorado. Você acaba abrindo outra aba para dar uma checada nas redes sociais, outra para ler as notícias do dia, e quando percebe, tem mil abas abertas e você está respondendo um quiz da internet. O tempo passou e o prazo para entregar a planilha está terminando. Você acaba almoçando na frente do computador e ficando até mais tarde para finalizar o relatório. Você entrega o seu trabalho, porém, um trabalho mal feito.

Quantas vezes você já vivenciou isso? E por que insistimos tanto neste comportamento que só nos prejudica?

Quando realizamos o ato de procrastinar entendemos que aquilo de fato será prejudicial, que a longo prazo tornar uma realização impossível,ou gerar problemas como atrasos, ou uma péssima qualidade do trabalho feito. Mas por que continuamos fazendo se sabemos que é algo ruim e errado?

Isso acontece não pelo fato de que não conseguimos gerir nosso tempo, e sim, porque existe uma dificuldade de controlar nossas emoções e impulsos. No momento em que meu cérebro opta por procrastinar, ele está tentando melhorar meu estado de ânimo ao evitar que eu faça algo que não parece ser tão agradável. É como uma pessoa que para esquecer problemas, acaba comendo compulsivamente, ela se distrai por um período, mas logo se dá conta dos resultados que aquilo causou.

A procrastinação pode acabar com as suas metas, sua carreira, seus objetivos que você quer tanto alcançar.

Vou dar apenas uma dica: Troque a inércia pelo ENGAJAMENTO. Faça o que precisa ser feito!

Mude seu mindset, entenda a importância de suas tarefas, evite pessoas que também procrastinam e seja persistente no seu propósito de vida!

Use o tempo ao seu favor e ele será seu melhor amigo. Nossa vida é fruto da maneira como administramos o tempo.

Baixe agora o primeiro capítulo do meu novo livro “Não Negocie com a Preguiça” e entenda como eliminar o problema que acaba com os seus objetivos e sucesso: https://engajamento.alexandreprates.com.br/nao-negocie-com-a-preguica/

Um grande abraço,

Alê Prates



4 comentários realizados

  1. Anderson Luiz dos Santos diz:
    Postado em 18 de fevereiro de 2019

    Realmente Alê, a procrastinação é o erro que mais rapidamente reconhecemos que fazemos e nos prejudica, porém acredito ser um dos mais difíceis hábitos de se mudar, é como uma “erva daninha”em nosso jardim, assim que a vemos a retiramos mais na primeira chuva ela brota novamente. Elimina-la é o grande desafio que pode mudar a vida de quem consegue.

    • Alexandre Prates diz:
      Postado em 14 de março de 2019

      Realmente Anderson! É muito difícil, por isso eu sempre digo que devemos mudar o nosso mindset para usarmos o tempo ao nosso favor! Grande abraço e obrigado pelo apoio de sempre!

  2. Postado em 19 de fevereiro de 2019

    Excelente, Alexandre… Mais uma vez nos ajudando.
    Realmente, gerir o tempo não é tarefa fácil, embora pareça ser.
    A gestão correta está ligada diretamente ao emocional, porém necessitamos agir com muita racionalidade.
    Concordo plenamente que a procrastinação seja involuntária, e por uma artimanha do cérebro ou pela Lei de Compensação para redução da frustração.
    Gerando uma “falsa sensação” e prejudica o emocional ao perceber que não realizamos em tempo hábil nossas tarefas.
    Creio que desencadeie depressão, síndromes. Cito por mim, como me faz mal…

    • Alexandre Prates diz:
      Postado em 14 de março de 2019

      Perfeito Karla. Trabalhe o seu mindset, use o tempo ao seu favor. Temos um longo caminho, mas eu acredito que aos poucos nós conseguimos usar o tempo ao nosso favor! Um forte abraço

Deixe seu comentário

Voltar